Sinopse: Algo de podre no esquadrão Enquanto os integrantes da Força-Tarefa X – mais conhecida como Esquadrão Suicida – tentam se recuperar da desastrosa missão em Gotham City, um segredo sombrio vem à tona com a descoberta de um traidor dentro da equipe. Treinado por Regulus, o líder de uma organização terrorista, o sabotador tem ordens de eliminar Amanda Waller e expor o Esquadrão. Em meio a isso, o grupo é incumbido de caçar e prender o misterioso meta-humano Mitch Shelley, também chamado de Ressurreição. No entanto, isso pode se revelar mais mortal do que se pensava, além de fazer parte do plano suicida de Waller para deter Regulus. Reunindo as edições originais Suicide Squad 8-13 E Resurrection Man 8-9 Em 188 páginas, este volume apresenta uma história que revira as entranhas do Esquadrão Suicida, bem como os coloca em uma de suas missões mais letais. O roteirista ADAM GLASS (da série de tevê Supernatural), com a ajuda dos Artistas Federico Dallocchio (Starcraft) e Fernando Dagnino (Superman), traz uma aventura recheada de ação e insanidade como só poderia ser em se tratando desta equipe.

Explosivo. Se tivesse que definir em uma palavra essa HQ, seria assim. O segundo encadernado dos bad guys da DC na série os novos 52 dá continuidade a Esquadrão Suicida: Chute na Cara (tem resenha dele aqui no blog, se não leu corre lá e confere rapidinho clique aqui). Se você gostou do primeiro, deve amar este aqui por vários motivos. O primeiro motivo é que ele tem muito mais ação que o primeiro (e o primeiro tem um pouco de ação já , então...). O segundo é que ele tem mais consistência na história e é cheio de plot twists de dar até infarto de tão emocionante. O terceiro é que o esquadrão faz menos rotação de membros que no primeiro encadernado, então dá pra acompanhar melhor quem é quem e qual a história de fundo de cada um. O título original é Basilisk Rising, mas adaptá-lo ao invés de somente traduzir serviu muito melhor. Isso porque vivendo no limite descreve exatamente a situação: Um esquadrão com membros desgastados, pirando, de saco cheio, cuja líder também não está nada bem. Os personagens são legais, diferentes e as situações bem exploradas. E tem ação o tempo inteiro. Não tem um minuto de descanso para esses vilões. Vivendo no limite não fecha o cerco. Ao contrário, deixa a história muito aberta para uma sequência (exatamente como no primeiro, quem leu vai entender). Super recomendado (junto com o primeiro, pra entender tudo), essa série do Esquadrão nos novos 52 tem tudo pra dar muito certo, trabalho de primeira do roteirista Adam Glass. Corre lá e confere pra ver do que estou falando.


Curiosidade: Por ser composto pelos mensais 8-13 de suicide squad e 8-9 de Resurrection Man, dá pra notar que Amanda Waller e a Dra. Visyak mudam drasticamente na arte de Resurrection Man. Entretanto não tem muita diferença nos membros do esquadrão. Confira as fotos pra ver.


13 Comentários

  1. Olá, tudo bem? ADORO esse universo da DC, e especificamente Suicide Squad, mas ainda não tive oportunidade de conferir esse arco. Poxa mudança de traços é chato, porém aqui parece que não fez tanta diferença. Gostei bastante de ver o que posso esperar. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carool. Pelo que fiquei sabendo devem sair mais 3 encadernados dando sequência a Esquadrão Suicida ainda nesses novos 52. Como disse, os traços que mudam são só dessas personagens, os membros da força tarefa X continuam os mesmos, apesar de serem mensais diferentes. Uma ótima leitura e volte sempre

      Excluir
  2. Oiiii Renner sou apaixonada por esse mundinho da DC e sei que seria uma boa pedida para mim, pois faz tanto tempo que não leio hq, dica anotada e adorei saber a sua opinião.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem vinda por aqui Morgana. Espero que essa HQ te agrade tanto quanto a mim. Volte sempre.

      Excluir
  3. OI!!

    Não sou fã de HQ, mas também confesso que nunca li para julgar. Estava pensando em mudar isso, mas sempre sou cativada por algo que considero mais interessante. Entretanto, gostei da sua dica e vou dar uma chance para construir minha opinião. Obrigada pela dica e beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi oi, Da uma chance sim, quem sabe você tá esse tempo todo perdendo uma das coisas que podem fazer parte do seu amor diário.

      Excluir
  4. Oie, tudo bem?
    Quero MUITO ler todass as hqs da DC e Marvel, mas me faltam duas coisas: Tempo e dinheiro! Espero conferir em breve pois amei o filme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, joia? Então, também me faltam tempo e dinheiro mas deixa eu te contar um segredo? HQ's você lê rapidinho, mais rápido que um livro comum e os preços de promoção estão muito bons (direto tem encadernado capa dura de 15 a 20 reais na Amazon msm).

      Excluir
  5. Oi Renner!
    Nunca li nenhuma hq do Esquadrão Suicida e confesso não ter muita curiosidade a respeito. O Universo DC não me atrai muito e, apesar de sempre ouvir/ler coisas bacanas a respeito, ainda não consegui me convencer a ler. Um dia, quem sabe, eu tento, parecem ser muito bons. :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Vou te confessar que não sou muito fã de HQs e, particularmente, os da DC não me despertam muito interesse. O que é contraditório, já que, nos cinemas, o Batman sempre foi meu herói preferido (excluindo o do Ben Affleck).
    Então, mesmo com os elogios que você fez, confesso que não pretendo ler. De qualquer forma, fico feliz que você tenha gostado tanto dessa HQ e que ela tenha deixado bom espaço para as continuações. Espero que os próximos volumes sejam tão bons quanto esse.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Gente eu não consigo me interessar por essas HQs, leio resenhas e comentários empolgantes e tão sinceros sobre as histórias que fico pensando que tenho algum problema rs' que bom que a leitura foi explosiva rs' que venha muitos livros assim!

    beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie amore,

    Tenho visto tanta gente falar de Esquadrão Suicida, mas pra ser sincera só acho fofinha a Arlequina, mas não é um gênero que eu curta não.
    Parabéns pela resenha, mas passo a dica por hora.

    Beijoka!

    ResponderExcluir
  9. Quero muito saber mais dessa HQ. Amo esse universo e esse quadro é um dos meus preferidos da DC. Gostei de saber de sua opinião. Obrigada pela dica.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir