Resenha: Maus - História Completa

10 agosto

Falar sobre o Holocausto realizado pelo governo nazista é sempre um tema denso, dolorido e difícil de digerir, sempre que realizo uma leitura sobre o assunto me questiono como seres humanos conseguiram realizar tal atrocidade. Ter acesso a livros que documentam e relatam um momento tão trágico como esse merecem ser lido por todos para garantir que tais atrocidades não ocorram mais na história. Maus do autor Art Spiegelman é um relato biográfico sobre a vida do seu pai, Vladek Spielgeman, o que ele viveu antes, durante e pós a segunda guerra. A verdade nua e crua sobre o Holocausto Nazista expressa em quadrinhos que despertaram meu interesse da primeira a ultima página.
Os quadrinhos expressam não somente a vida de Vladek, mostram de uma forma íntima o relacionamento entre pai e filho, as dores das perdas, as memórias que Art tem da mãe e como ele lida com o fato dos pais serem sobreviventes da segunda guerra, já que ele nasceu depois deles terem passado pelos campos de concentração (incluindo Auschwitz). São inseridos outros personagens na trama como Mala a atual esposa de Vladek e Françoise a namorada de Art. Os relacionamentos familiares não são tão simples, Vladek tem uma personalidade forte e a perda de Anja (mãe de Art) por quem sempre foi apaixonado influenciou muito em como ele lida com as outras pessoas, principalmente com o filho.
A presença de Anja no livro é forte apesar de não ter tantos detalhes sobre o que ela passou, Art queria conhecer a versão da mãe e o tempo todo busca pelos diários dela, porém não tem sucesso. A mãe retratada através tanto da visão de Art quanto de Vladek como uma mulher sensível e que sofreu muito com os horrores da guerra.
Os traços do autor são incríveis, os quadrinhos são em preto e branco, o que acredito que confere uma dramaticidade ideal para a temática. O autor explora os mínimos detalhes em suas ilustrações. Acampamentos, campos de concentração, ferramentas, esconderijos e mapas tudo retratado de uma forma muito real. O título Maus significa ratos em alemão, o que combina muito bem com a trama, já que os seres humanos são representados como animais, os ratos são os judeus, porcos são os poloneses não-judeus, os sapos franceses, os gatos são os alemães e os cachorros são os americanos. Eu achei sensacional todas as ilustrações.

Esse é um livro que acredito que deve ser lido e relido várias vezes e assim ter cada vez uma nova visão da riqueza dos detalhes que o autor inseriu em cada quadrinho. Os sentimentos são expressos com veracidade, são doloridos e estão presentes em cada recordação, refletidos mesmo anos após os acontecimentos, impressos nos personagens em suas personalidades e em seus relacionamentos. Ao longo da leitura me senti como se estivesse dialogando com Art e Vladek, conhecendo-os a fundo, vendo a alma deles e sem sentimentalismo exagerado, tudo na medida ideal.
O livro ganhou o Prêmio Pulitzer em 1992, sendo a primeira história em quadrinhos (HQs) a ganhar esse prêmio. Posterior ao prêmio os quadrinhos deixaram de ser somente voltados ao humor ou ao público infantil, logo a obra abriu os caminhos para as HQs mais densas, com novas abordagens.
Maus merece destaque e deve ser lido por todos que gostam de quadrinhos e tem interesse em saber um pouco mais sobre os horrores da segunda guerra. Esse ano realizei muitas leituras incríveis e com certeza esse livro está no topo, mesmo trazendo um tema tão difícil de digerir, me apeguei a leitura da primeira a última página. Uma leitura que vale a pena ser feita e recomendo a todos. 

Você pode gostar

16 comentários

  1. Anna, não costumo ler HQ o mais próximo que já cheguei foi de quadrinhos da Turma da Mônica, pode rir. Porém quando somos apresentados a uma obra como essa é impossível não sentir vontade de ler. Só não me simpatizei muito com os personagens serem traçados como animais, mas talvez quando tiver a obra em mãos eu tenha um outro modo de ver esse detalhe. Gosto de ler histórias que se passaram durante esse período tão cruel e conturbado justamente pelos questionamentos, vou procurar por esse livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju,
      Comecei a me interessar por esse universo de quadrinhos tem pouco tempo e me surpreendi ao descobrir que tinham tantos livros interessantes desse tipo, desde biografias até clássicos da literatura. Enfim, foi uma grata surpresa.
      Espero que faça uma boa leitura.
      Beijos

      Excluir
  2. Gostei muuuuito.
    O tema me atraí demais e ando lendo muitas HQs!!! Adorei mesmo o traço da obra e vou procurar, com certeza.
    Dica anotadíssima. Valeu!

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila,
      Sem dúvidas vale a pena fazer a leitura, fiquei impressionada com a qualidade da obra.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá,
    Sinceramente não tenho o hábito de ler HQ, mas achei bem interessante a dica e adorei a resenha.
    Me interesso muito por tudo que trata dessa triste parte da história, então pretendo dar uma chance e me aventurar nesse HQ.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, adoro livros que retratam a Segunda Guerra Mundial e esse parece ser bem realista e detalhista, pro se tratar de uma HQ, e é a primeira vez que vejo a historia da Segunda Guerra sendo retratada em HQ e fiquei curiosa para ver como o autor conseguiu retrata-lo, já que não é só escrito, mas também tem as imagens que mostram os relatos da historia contada. Dica anotada.
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia esse livro, não sabia que através dos quadrinhos ele ia trazer uma história tão marcante Na verdade pra ser bem sincera eu NUNCA nem li um HQ na vida (que vergonhaaa) mas esse já está na lista de desejados. Adorei!!
    Bjs

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Livros assim são um grande soco na nossa cara, na minha opinião. O que as pessoas passaram naquela época foi uma verdadeira crueldade, que infelizmente, não tenho fôlego para saber de TUDO. Sua resenha foi ótima sobre o livro, estou morrendo de curiosidade para ler, mas ao mesmo tempo, com receio.

    ResponderExcluir
  7. Oi Anna, sua linda, tudo bem?
    Eu tenho a mesma opinião que você, temos que ler livros que narrem essa atrocidade, essa mancha na história da humanidade. Não podemos permitir que algo assim ocorra novamente. O pior é que infelizmente, ainda temos outras guerras e comportamentos cruéis em nossa sociedade. Fiquei impressionada, não conhecia o quadrinho e não sabia que ganhou esse prêmio tão importante. Não vejo a hora de ler, sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oiii Anna, como vai?
    Ultimamente estou lendo pouco HQ e confesso que vendo a sua resenha me senti surpreendida, nunca esperaria que este livro falaria deste tema, sendo ao mesmo tempo tão forte e amável aos meus olhos, confesso que sua resenha me deixou bastante animada a realizar a leitura e a edição está um encanto, dica super anotada mesmo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Oi Anna, tudo jóia?
    Olha, esse livro foi um dos mais geniais que já li, e foi a primeira HQ adulta que devorei (inclusive fez com que me interessasse por quadrinhos adultos, embora eu não tenha tanto o costume de ler o gênero). Tudo em Maus é sensacional: a trama em si, o texto, a maneira como foram representados os diferentes personagens. Certamente, um daqueles livros que a gente recomenda para todo mundo!
    Adorei sua resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu não tenho tanto costume de ler quadrinhos, mas o tema desse me interessou bastante. Adoro tramas que mostram sobre essa época tão terrível, e achei demais os animais representarem cada povo. Deve ser uma leitura excelente! E a edição está muito bonita.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Eu já havia visto a capa desse livro mas exceto por tratar do período da 2G.M. Não sabia mais nada sobre, nem que era uma HQ. Mesmo não sendo o meu tipo de leitura a sua dica me deixou interessada e espero também achar a leitura interessante.
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Olá, sempre ouvi falar desse livro porque é de um assunto que me interesso: o nazismo. Porém como não leio muito HQ, ficava com receio. Sua resenha me fez mudar de ideia e por isso já está adicionado na minha lista de desejados.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Anna!

    Eu não acredito que esse quadrinho é da Cia e eu não solicitei até hoje! Eu sou apaixonada por histórias sobre a segunda guerra e fiquei imensamente curiosa para saber como Art lida com o fato de os pais terem passado por isso. E como assim não fala muito bem sobre o que aconteceu com a Anja?! Já quero!

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Anna!
    Meu noivo tem Maus aqui na estante,mas até hoje nem ele nem eu lemos. Tenho muita curiosidade, já li muitos elogios a respeito dele. É um tema forte e acho que, em forma de quadrinho, fica muito bacana de compreender alguns fatos. A Segunda Guerra foi um período devastador e sempre que posso, procuro algum livro que retrate essa época pq me interessa demais.
    Espero poder ler ele ainda esse ano, faz até vergonha ter e ainda não ter conferido. Principalmente pq eu adoro quadrinhos.
    Beijos

    ResponderExcluir

Facebook

Instagram