[Especial Halloween] Top 5: Desejados

25 outubro



Olá rascunheiros! Dando sequências nas postagens especiais do mês de Halloween decidi trazer a minha ‘wishlist’ de livros de terror/horror. Para começar vou citar dois quadrinhos que tenho desejado há um bom tempo, mas estou na esperança de esbarrar em uma promoção básica (aliás, nada melhor do que uma boa promoção de livros pra gente completar a nossa estante, oremos!) e em seguida vou citar dois clássicos e finalmente um livro mais recente.


Fragmentos do Horror (Junji Ito)
Como estou cada vez mais familiarizada em ler mangás e claro, pretendo conhecer diversos gêneros dentro deste universo, não poderia deixar de fora da minha lista um autor que é tão conhecido por seus quadrinhos de horror. Fragmentos do Horror traz uma coletânea de histórias curtas que prometem mexer com os nervos dos leitores, aterrorizar e exige que tenha estômago para realizar a leitura, são várias as promessas e estou curiosa para saber se é tudo isso que comentam.


Sinopse: Mestre do terror em quadrinhos, Junji Ito combina o surrealismo e o escatológico em suas histórias. O resultado é sempre bizarro, mas ainda assim — ou quem sabe até por isso mesmo — belo. Se você tem coragem (e estômago), não pode perder Fragmentos do Horror, primeiro livro de mangá publicado pela DarkSide Books. Fragmentos do Horror é uma coleção de histórias curtas, perfeitas para quem quer experimentar o que essa mente tão delirante é capaz de produzir. Itosan oferece ao leitor nove encontros com o desconhecido. Cada quadrinho pode ser fatal, cuidado! Entre as histórias da coletânea, temos uma mansão velha de madeira que gira sobre seus habitantes. Uma turma de dissecação com um assunto nada comum. Um funeral em que os mortos definitivamente não são postos para descansar. Variando do aterrorizante ao cômico, do erótico para o repugnante, essas histórias apresentam o retorno de Junji Ito há muito aguardado para o mundo do horror. Fragmentos do Horror faz parte da nova coleção DarkSide Graphic Novel Tokyo Terror e, como todos os títulos da Caveirinha, vem numa caprichosa edição em capa dura. A tradução foi feita diretamente do japonês e a publicação segue a orientação original, da direita para a esquerda — como tem que ser.


Wytches (Scott Snyder, Jock)
O autor Scott Snyder tem entre os seus trabalhos algumas HQs do Batman (aclamadas pela crítica) e outras histórias do universo da DC, portanto, fiquei bem curiosa para conhecer Wytches que conta uma nova versão sobre as histórias de bruxas que estamos habituados. As bruxas são descritas como seres perversos e diabólicos e prometendo ainda, um ótimo casamento entre o enredo e as ilustrações. Espero poder adquirir o exemplar em breve.


Sinopse: Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre bruxas; quase todas as informações devem estar erradas, de qualquer forma. Aquilo que você aprendeu na escola — que, por séculos, centenas de pessoas foram queimadas, torturadas, perseguidas e assassinadas por bruxaria — é um fato. O que ninguém contou para você é que essas pessoas morreram para proteger uma terrível realidade escondida dos meros mortais: bruxas, bruxas de verdade, existem e estão por aí. Elas são criaturas muito mais perversas e diabólicas do que você poderia pensar — e, portanto, muito mais assustadoras. Ver uma é coisa rara; sobreviver a elas é mais raro ainda. É por isso que quando a família Rook se muda para Litchfield, uma remota cidadezinha de New Hampshire, tentando escapar de uma experiência horrível ao recomeçar do zero, eles não entendem que algo sinistro vive nas florestas ao redor da cidade. Algo que os observa, esperando apenas por uma oportunidade. Algo muito antigo... e voraz. Você até pode conseguir feitiços e milagres delas, mas, para isso, vai precisar pagar o preço. Pai e filha vão descobrir que recomeçar pode ser bem mais difícil quando há uma conspiração secular que envolve a sua família em curso. Com reviravoltas chocantes e uma arte de arregalar os olhos, capaz de combinar medo e beleza, esta é uma obra sobre bruxas que deve ser levada a sério. Scott Snyder já provou suas habilidades como roteirista durante seu tempo escrevendo as hqs do Batman, uma das fases do herói mais aclamadas pela crítica e pelo público nos últimos tempos. Para esta série, ele chama o desenhista Jock, que além de também ter trabalhado em Batman, fez artes conceituais para Star Wars — Os Últimos Jedi e o filme ganhador do Oscar Ex_Machina: Instinto Artificial.


Grandes Contos (H.P. Lovecraft)
H.P. Lovecraft é conhecido como o autor que revolucionou a literatura do horror ao incluir elementos fantásticos tão comuns em livros de ficção científica e fantasia em suas obras, por si só essa afirmação me convence que preciso conhecer a fundo suas obras. Eu li apenas um conto dele e gostei bastante. Vale destacar que a edição é linda!


Edgar Allan Poe - Medo Clássico
Dando sequência nos clássicos não poderia deixar de citar a coletânea de contos do Edgar Allan Poe publicados na coleção Medo Clássico da Darkside. A edição é simplesmente incrível, inclui notas sobre o autor e até mesmo a versão original do poema “O Corvo” e a tradução do mesmo por dois grandes autores Machado de Assis e Fernando Pessoa.


O Vilarejo (Raphael Montes)
Um dos autores nacionais que pretendo conhecer é Raphael Montes, suas obras seguem com diversos elogios e parecem ser realmente aterrorizantes. Em “O Vilarejo” são contadas sete histórias de moradores diferentes de um lugar que vem sendo devastado aos poucos. Estou bem curiosa para conferir o resultado.

Sinopse: Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome. As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.

Você pode gostar

0 comentários

Facebook

Instagram